Notícias

Entidades pedem implantação imediata do passaporte de vacinação em universidades federais goianas

Entidades pedem implantação imediata do passaporte de vacinação em universidades federais goianas

access_time 2 meses ago

O Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato), o Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior do Estado de Goiás (SINT-IFESgo) e o Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Goiás (DCE-UFG) enviaram às reitorias da Universidade Federal de Goiás (UFG), Universidade Federal de Jataí (UFJ) e Universidade Federal de Catalão (UFCat) ofício solicitando a implantação imediata do passaporte de vacinação de professores, técnicos e alunos.

O documento ressalta a importância da vacinação para o retorno das aulas presenciais, devendo ser tratada como uma obrigatoriedade pelas instituições. “O descaso com a necessidade de vacinação e a falta de exigência não oferecem segurança para o retorno presencial das aulas, podendo levar a resultados desastrosos, como surtos de contaminação e mesmo à óbitos”, destacam no ofício.

Além disso, as entidades mencionam que não faltam exemplos de instituições que têm aderido a essa prática, citando o Tribunal Superior do Trabalho (TST) como o caso mais recente. “Compreendemos que o passaporte de vacinação é uma necessidade para um retorno seguro. Por isso, exigimos que a UFG, UFJ e UFCat não apenas cobrem das autoridades competentes, como também estabeleça uma normativa interna que torne a vacinação obrigatória para o acesso e permanência nas dependências da universidade para que possamos ter um retorno seguro, valorizando a vida e nos amparando na Ciência”, solicitam o Adufg-Sindicato, o SINT-IFESgo e o DCE-UFG no ofício.

Compartilhe essa notícia

Comentários