Notícias

Caiado descarta ser candidato a presidente e diz que “gostaria de governar Goiás por mais tempo”

Caiado descarta ser candidato a presidente e diz que “gostaria de governar Goiás por mais tempo”

access_time 2 semanas ago

Por: Marcelo Mariano

O governador Ronaldo Caiado (DEM/União Brasil) disse, durante entrevista coletiva nesta segunda-feira (11), que não pretende disputar o cargo de presidente do Brasil em 2022.

Segundo ele, o foco está na reeleição. “Depois de enfrentar crise fiscal e pandemia, situações extremamente diversas, gostaria de governar Goiás por mais tempo para mostrar o que já fizemos e apresentar resultados à população”, afirmou.

Como já é público, Caiado até definiu o presidente do MDB em Goiás, Daniel Vilela, como seu candidato a vice. Para fechar a chapa caiadista, falta a vaga de senador. Os principais nomes que a disputam são Delegado Waldir (PSL/União Brasil), Zacharias Calil (DEM/União Brasil), Henrique Meirelles (PSD), Alexandre Baldy (Progressitas), João Campos (Republicanos) e Luiz Carlos do Carmo (MDB).

O nome de Caiado para a eleição nacional surgiu depois de uma entrevista ao jornal O Globo do deputado federal Luciano Bivar, de Pernambuco, em que ele cita o governador como possível presidenciável da União Brasil, partido que nasce a partir da fusão entre DEM e PSL.

Além de Caiado, Bivar, que comandará a nova legenda a nível nacional, menciona o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, ambos atualmente filiados ao DEM. Ex-juiz e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro (sem partido) também é cotado nos bastidores.

A União Brasil, cujo diretório em Goiás terá o comando de Caiado, já definiu que lançará uma candidatura pela chamada terceira vida, ou seja, aqueles que não apoiam o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nem o ex-presidente Lula (PT).

Compartilhe essa notícia

Comentários